COMPREENDENDO A SOMA DE FRAÇÕES COM FLUTUADORES DE PISCINA RECORTADOS À LUZ DA TEORIA DOS REGISTROS DE REPRESENTAÇÃO SEMIÓTICA

UNDERSTANDING THE SUM OF FRACTIONS WITH POOL FLOATS CUT IN THE LIGHT OF THE REGISTERS OF SEMIOTIC REPRESENTATION THEORY

Autores

  • Daniela Mendes Vieira da Silva UFRJ, SEEDUCRJ, UCB

Palavras-chave:

Ensino de frações, Material concreto, TRRS

Resumo

O presente texto apresenta um recurso elaborado para auxiliar o processo de ensino aprendizagem de operações com frações. É sabido que o processo de ensino de operações com frações, em especial da sua soma (e, consequentemente, da subtração pela sua natureza ser compartilhada), tem apresentado dificuldades, o que demanda a elaboração de novas abordagens para a promoção de sua aprendizagem. Para a elaboração do material que aqui propomos utilizamos a Teoria dos Registros de Representação Semiótica (TRRS) a qual dá suporte a diversos estudos que visam compreender a forma como as pessoas constroem o conhecimento matemático. Esta teoria tem relação com a representação, tratamento e conversão de conceitos matemáticos. Dentro da TRRS, o foco deve estar no aprendiz, o que subordina o objeto a ser ensinado à cognição deste, cognição esta que se liga às questões de representação. Como conclusão, entendemos que o material proposto atende às necessidades que destacamos no presente artigo e que ele pode ser um auxiliar no processo de ensino aprendizagem de soma de frações.

Publicado

2020-04-24