DISCURSOS DOCENTES NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TECNOLÓGICA

O QUE PENSAM OS PROFESSORES DE FÍSICA PARA O ENSINO MÉDIO INTEGRADO?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36524/profept.v4i3.562

Palavras-chave:

Ensino Médio Integrado, Ensino de Física, Educação Profissional

Resumo

No âmbito do ensino de Ciências/Física poucas são as produções bibliográficas que tem se preocupado com as metodologias de ensino partindo das básicas teóricas que remetem ao Ensino Médio Integrado (EMI). Este artigo aborda essa lacuna da literatura e integra um estudo maior que tem como objetivo compreender como tem se processado o ensino de Física no EMI na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Aqui, buscamos compreender qual a visão do professor de Física para o EMI e como ele pensa a apresentação da disciplina nessa forma de oferta do ensino médio. A pesquisa é de natureza qualitativa, e toma para análise o questionário aplicado a docentes que ministraram a disciplina de Física no EMI no Instituto Federal da Bahia (IFBA) entre os anos de 2017 e 2019. Os resultados do estudo revelam que há um número considerável de professores que associam seu ideal de EMI àquele ensino que preza pela formação plena do sujeito (incluída sua habilitação profissional) a partir de um constante diálogo de docentes das diferentes especialidades (formação básica e técnica), no entanto, esses profissionais reconhecem a existência de poucos elementos que reforcem esse tipo de ensino na descrição do componente curricular da Física, e que esse ideal de integração entre a ciência básica e a formação profissional nem sempre é levado para a sua prática docente. A contribuição desse estudo se dá no fomento ao debate do ensino de Física no IFBA e em outras instituições que ofertam educação profissional, bem como para pensar a elaboração do currículo da Física a partir dos fundamentos teóricos do EMI, que salvo as particularidades, se aplicam as demais disciplinas do núcleo comum.

Biografia do Autor

Danilo Almeida Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), campus Ilhéus

Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) no campus Ilhéus. Doutor em Ensino, Filosofia e História das Ciências pela Universidade Federal da Bahia/ Universidade Estadual de Feira de Santana - UFBA/UEFS. Tem experiência na área de Física com ênfase em ensino de Ciências/Física. Dialoga com temas ligados a Educação Profissional Tecnológica (sobretudo, Ensino Médio Integrado), Divulgação e Popularização da Ciência e tópicos de educação no Ensino Médio.

Maria Cristina Martins Penido, Universidade Federal da Bahia (UFBA), Instituto de Física

Professora Titular da Universidade Federal da Bahia - UFBA, no Instituto de Física. Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Tem experiência na área de Física, com ênfase em Ensino de Física, atuando principalmente nos seguintes temas: Fundamentos de Física, Formação de Professores, Divulgação Científica, Atividades Experimentais no Ensino da Física.

Downloads

Publicado

2021-02-10