O ENFOQUE CTSA E O ENSINO INTEGRADO

aproximações teóricas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36524/profept.v4i3.454

Palavras-chave:

CTSA., Educação Profissional., Formação Integrada.

Resumo

Este artigo discute as possibilidades de articulação entre o enfoque CTSA (Ciência, Tecnologia Sociedade e Ambiente) e o projeto de Ensino Integrado. A partir de um levantamento bibliográfico baseado em alguns dos principais autores de ambos os campos, este estudo foi estruturado em três fases: a primeira correspondeu a uma discussão histórica sobre o movimento CTSA seguida de sua proposta de ensino; a segunda fase foi composta pela descrição das bases conceituais do Ensino Integrado, seus pressupostos formativos e a compreensão do Trabalho enquanto essência do homem e princípio educativo; a terceira e última fase ocupou-se em vincular as duas primeiras, demonstrando a confluência teórica que existe entre o enfoque CTSA e o Ensino Integrado. Ao traçar as considerações finais, sinalizou-se a importância de um currículo que contemple a integração dessas abordagens mas, ao mesmo tempo, tendo em mente que a formação integral se dá no próprio processo de ensino e aprendizagem, sendo fundamental a existência de práticas pedagógicas relevantes à construção da cidadania.

Biografia do Autor

Lucas, INSTITUTO FEDERAL DE SERGIPE

Graduado em Licenciatura plena em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Sergipe e especialista em Filosofia pela Faculdade Internacional Signorelli, trabalhou na Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) de Sergipe e participou de projetos com ênfase em Educação Ambiental, Desenvolvimento Sustentável e Qualidade Ambiental. Atualmente é funcionário público federal concursado pelo Instituto Federal de Sergipe e mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT).

Osman, INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SERGIPE

Possui graduação em Licenciatura Em Física pela Universidade Federal de Sergipe (1998), mestrado em Física pela Universidade Federal de Sergipe (2001) e doutorado em Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo (2007) e atualmente é professor efetivo do Instituto Federal de Sergipe. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Prop. Óticas e Espectrosc. da Mat. Condens; Outras Inter. da Mat. com Rad. e Part., atuando principalmente nos seguintes temas: ambiente, archaeometry, análise por ativação com neutrons, estatística multivariada e elementos traços, modelagem geoestatística. Também tem atuado em colaboração com pesquisadores para desenvolvimento de tecnologias correlacionadas com a área de Petroleo, Gás natural, Biocombustível, meio ambiente e sustentabilidade. É docente do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica do IFS. 

Downloads

Publicado

2021-02-10