MUDAS DE MAMÃO CV. SUNRISE SOLO BS 2000 PRODUZIDAS COM LODO DE CURTUME EM MISTURA COM SUBSTRATO COMERCIAL

Autores

  • Otto Hebert Schuhmacher Dietrich Instituto Federal do Espírito Santo, Campus Barra de São Francisco
  • Márcia Adriana Carvalho dos Santos Embrapa Semiárido
  • Vinicius Rodrigues Ferreira Instituto Federal do Espírito Santo - Campus de Alegre
  • Sávio da Silva Berilli Instituto Federal do Espírito Santo, Campus de Alegre
  • Euliene Pereira Henrique Instituto Federal do Espírito Santo, Campus de Alegre
  • Laís Barboza Rozaes Instituto Federal do Espírito Santo, Campus de Alegre
  • Ana Paula Candido Gabriel Berilli Instituto Federal do Espírito Santo, Campus de Alegre

DOI:

https://doi.org/10.36524/ric.v7i1.1158

Palavras-chave:

propagação, resíduo alternativo, redução de custos, sustentabilidade, Carica papaya

Resumo

O aproveitamento de resíduos para fabricação de substratos pode ser uma estratégia de baixo custo aos produtores de mamão. Assim, objetivou-se avaliar o efeito do lodo de curtume como substrato para produção de mudas de mamão cv. Sunrise Solo BS 2000. As proporções 0, 15, 30, 45 e 60% de lodo de curtume foram experimentadas em mistura com substrato comercial Carolina II®, usado por viveristas de mamão. Um delineamento em blocos casualizados foi utilizado para produzir as 150 mudas de mamão. As características de emergência foram avaliadas durante os sete primeiros dias. As biométricas, gravimétricas e de qualidade de mudas aos trinta e cinco dias. Os resultados foram submetidos ao teste F e de Dunnett (p< 0,05). A emergência das mudas de mamão e o número de folhas foram similares entre o substrato comercial e as proporções até 30% de lodo de curtume, executando-se a proporção de 15% para IVE. Apenas a proporção de 15% de lodo não afetou os parâmetros de diâmetro do caule, área foliar e de qualidade das mudas em relação ao uso somente do substrato comercial. As variáveis de emergência, número de folhas, altura da planta, diâmetro do colo, área foliar, gravimétricas e de qualidade apresentaram valores médios menores a medida dos aumentos graduais do lodo de curtume, à exceção do tempo médio de emergência. Portanto, a mistura de lodo de curtume ao substrato comercial limitou o desenvolvimento e a qualidade das mudas de mamoeiro cv. Sunrise Solo BS 2000.

Downloads

Publicado

2021-07-02

Como Citar

Hebert Schuhmacher Dietrich, O., Adriana Carvalho dos Santos, M., Rodrigues Ferreira, V., da Silva Berilli, S., Pereira Henrique, E., Barboza Rozaes, L., & Candido Gabriel Berilli , A. P. (2021). MUDAS DE MAMÃO CV. SUNRISE SOLO BS 2000 PRODUZIDAS COM LODO DE CURTUME EM MISTURA COM SUBSTRATO COMERCIAL. Revista Ifes Ciência , 7(1), 01-14. https://doi.org/10.36524/ric.v7i1.1158

Edição

Seção

Ciências Agrárias, Ciências Biológicas e Meio Ambiente

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.