AUTORREGULAÇÃO DA APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS: UMA EXPERIÊNCIA FORMADORA

Autores

  • Adriana Guimarães de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense
  • Dirceu Pereira dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense
  • José Augusto Ferreira da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.36524/profept.v4i3.564

Palavras-chave:

Autorregulação; Sequência Didática; Língua Inglesa; Autonomia.

Resumo

Nesse artigo discute-se a mediação da autorregulação da aprendizagem, realizada com alunos da Educação Profissional do Curso Técnico em Eventos do Instituto Federal Fluminense. Partindo da trajetória da Educação Profissional no Brasil, que está alicerçada na racionalidade técnica, aponta o diferencial deste trabalho. Valoriza-se a associação do vocabulário proposto na ementa da disciplina de Língua Inglesa do referido curso às experiências, histórias e memórias dos alunos sobre os eventos sociais que vivenciaram, buscando promover a autonomia e a autorregulação da aprendizagem, em todo o processo.

Downloads

Publicado

2021-02-10