A “PESCA” ESCOLAR COMO REPRESENTAÇÃO DE FRAUDE ACADÊMICA NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO EM ELETROTÉCNICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36524/profept.v4i2.551

Palavras-chave:

ensino técnico integrado; pesquisa-ação; pesca escolar; fraude acadêmica

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo o refletir sobre os motivos que levam os alunos da educação profissional a praticarem fraudes em avaliações acadêmicas. Essa prática, conhecida como “pesca” escolar impacta o processo ensino aprendizagem, bem como afeta o futuro profissional desses estudantes. Para tanto, fez-se a escolha da pesquisa-ação como percurso metodológico. Os resultados desta pesquisa apontam que os alunos não reconhecem a “pesca” como um ato fraudulento grave, já que eles acreditam que a cultura escolar justifica este ato, especificamente quando dentre os motivos mais frequentes estão os relacionados a não compreensão dos conteúdos ao longo do processo de aprendizagem.

Downloads

Publicado

2020-08-30