CIBERCULTURA E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

LETRAMENTO DIGITAL COMO POTENCIALIDADE NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO

Autores

  • Jonas Marques da PENHA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB. https://orcid.org/0000-0002-8523-9517
  • Larissa Germana Martins de ALMEIDA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPB, Campus João Pessoa.

DOI:

https://doi.org/10.36524/profept.v4i2.542

Palavras-chave:

Letramento digital; Ensino médio integrado; Revisão sistemática de literatura; Educação Profissional e Tecnológica.

Resumo

Em virtude da influência da telemática na cultura juvenil contemporânea e do seu encadeamento na educação e consequentemente no mundo do trabalho nos propusemos a investigar acerca do letramento digital e suas implicações na Educação Profissional e Tecnológica (EPT), no ensino médio integrado. Trata-se de uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL) com enfoque exploratório e abordagem qualitativa. A partir da pesquisa é possível inferir que vivemos em meio à cibercultura e que indivíduos digitalmente letrados possibilitam novos e eficazes processos de ensino-aprendizagem na perspectiva de uma formação crítica, criativa e emancipadora dos estudantes. Assim, refletimos se podemos pensar em uma EPT, em um ensino integrado, sem investimento no letramento digital de docentes e discentes.

Biografia do Autor

Jonas Marques da PENHA, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB.

Mestrando no Programa de Mestrado Profissional em Educação profissional e Tecnológica - ProfEPT, IFPB - Campus João Pessoa. Aluno bolsista do IFPB.

Larissa Germana Martins de ALMEIDA, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPB, Campus João Pessoa.

Mestranda no Programa de Mestrado Profissional em Educação profissional e Tecnológica - ProfEPT, IFPB - Campus João Pessoa.

Downloads

Publicado

2020-08-30