A HUMANIZAÇÃO EM AMBIENTES HOSPITALARES: ESTUDOS DE CASO NA CIDADE DE COLATINA-ES

  • Micaela Scarpatti Jogaib Dutra
  • Giusilene Costa de Souza Pinho
  • Renilson Luiz Teixeira
Palavras-chave: Humanização, Espaço Físico, Políticas de saúde, Ambiência, Confortabilidade

Resumo

Com o passar do tempo as unidades de saúde começaram a se preocupar com a assepsia do local e colocar o paciente como foco, visto que anteriormente eram vinculados a locais de dor e sofrimento, trazendo assim, o conceito de humanização para dentro dos espaços hospitalares. Dentro deste contexto, o presente trabalho tem por objetivo fazer um diagnóstico dos principais hospitais da cidade de Colatina-ES em relação a humanização de seus espaços. O método de análise foi a matriz FOFA (Fortalezas, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) para detectar os pontos fortes e frágeis dos ambientes, tendo como referencial a Cartilha Humaniza SUS (Sistema Único de Saúde) , do Ministério da Saúde, (BRASIL, 2010).  Os resultados mostram que embora este material tenha sido publicado pelo governo, muitos pontos não estão sendo atendidos pelas redes públicas pesquisadas, mostrando que as instituições de saúde governamentais carecem da maioria dos itens previstos para proporcionar o bem-estar do paciente e assim auxiliar no processo de saúde.

Publicado
2019-12-23
Como Citar
Scarpatti Jogaib Dutra, M., Costa de Souza Pinho, G., & Luiz Teixeira, R. (2019). A HUMANIZAÇÃO EM AMBIENTES HOSPITALARES: ESTUDOS DE CASO NA CIDADE DE COLATINA-ES. Revista Ifes Ciência , 5(2), 63-75. https://doi.org/10.36524/ric.v5i2.449