O PROCESSO DE ABERTURA DE NOVOS CURSOS: UM PANORAMA DOS DOCUMENTOS QUE ORIENTAM AS AÇÕES DOS INSTITUTOS FEDERAIS DA REGIÃO SUL DO PAÍS

  • Patricia Custódio dos Santos Neves
  • Leandro Rafael Pinto
Palavras-chave: Educação Profissional, Institutos Federais, Cursos Técnicos Integrados, Abertura de novos cursos

Resumo

Este artigo trata do movimento de expansão e oferta de educação profissional pelas Instituições que compõem a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cuja ampliação passa necessariamente pela a abertura de novos cursos. Destacando os Institutos Federais, tem-se que entre suas finalidades está ministrar educação profissional técnica de nível médio, prioritariamente na forma de cursos integrados. Buscou-se nesta pesquisa investigar e demonstrar os documentos que orientam o processo de indicação de novos cursos que impulsionam a expansão da Educação profissional ofertada pelos Institutos Federais. Para o desenvolvimento deste trabalho a metodologia utilizada foi qualitativa, tendo como objetivo apresentar um panorama dos documentos produzidos para nortear o processo de criação e abertura de novos cursos, buscando elencar, em especial o que foi produzido para os cursos técnicos integrados. Realizou-se para isto uma pesquisa documental, para análise das leis e documentos que regem e orientam as propostas de abertura de novos cursos; um estudo de caso para mapear os documentos disponibilizados em meio eletrônico pelos IF (Institutos Federais de Educação) da região sul do país e uma análise de conteúdos para investigar e elencar as ações indicadas para se estruturar uma metodologia de escolha de novos cursos, feitas pelos campi do IFPR no PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional) 2014/2018. Diante do panorama apresentado neste estudo, pode-se afirmar que não são muitos os documentos que orientam e disciplinam a criação e abertura de novos cursos, em particular os técnicos integrados. E as Instituições Federais de Educação seguem com o grande desafio de atender a legislação educacional pertinente buscando o atendimento às demandas socioeconômico-ambientais dos cidadãos e do mundo do trabalho quando fazem a escolha e a indicação de um eixo e/ou cursos a serem oferecidos. Aponta-se ainda a necessidade de novas pesquisas e estudos que tratem desta temática, e que possam colaborar para que este processo aconteça em parceria com a sociedade e em beneficio da transformação social e do desenvolvimento local e regional.

Publicado
2019-12-15