A FORMAÇÃO HUMANA INTEGRAL NAS DIRETRIZES PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO NO IFAM

Autores

  • Emanuelle Lorena Teixeira Chagas
  • Deuzilene Marques Salazar
  • José Pinheiro de Queiroz Neto

DOI:

https://doi.org/10.36524/profept.v4iEspecial.640

Resumo

A formação humana integral como um dos fundamentos da educação deve nortear as práticas educativas. Assim, objetiva-se verificar os indícios da formação humana integral nos documentos orientadores da internacionalização da educação profissional e tecnológica no âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM). Com o uso de uma interpretação sistemática, analisaram-se duas resoluções que tratam do programa de bolsas IFAM internacional e do regimento interno do Centro de Idiomas implantado no instituto. Procurou-se, em um primeiro momento, demonstrar o fenômeno da internacionalização das políticas educacionais bem como a sua efetivação na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT) e, depois, perquiriu-se debater a concepção de educação voltada para a omnilateralidade do sujeito.  Os documentos analisados evidenciaram um dos principais objetivos da educação profissional e tecnológica, qual seja, o de promover um ensino que contemple todas as dimensões do educando, tais como, a dimensão social, a intelectual, a laboral e a dimensão cultural.

Publicado

2020-04-30