EDITORIAL

  • Sidnei Quezada Meireles Leite Instituto Federal do Espírito Santo
Palavras-chave: Educação, Educação científica, Educação tecnológica

Resumo

Em 2017, a Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica (DECT) foi reorganizada assumindo 3 artigos regulares por ano. A repaginação do periódico agregou a perspectiva ampla da Educação Científica e Tecnológica, o que antes se concentrava na Educação Básica, passou-se a publicar também artigos com discussões sobre práticas pedagógicas, formação de professores, diversidades e inclusão, educação profissional e estudos sobre tecnologias educacionais, no contexto da educação científica e tecnológica como todo. Vale lembrar que há um bom número de trabalhos realizados em estudos de programas de pós-graduação stricto sensu da área de Ensino e da Educação, no âmbito nacional e internacional. Vale também recordar que o quadriênio 2013 - 2016 da Capes revelou um Qualis nas seguintes áreas: Administração - B4; Ciências Ambientais - B2; Engenharia III - B5; Engenharia IV - B5; Ensino - B1; Interdisciplinar – B2; Linguística e Literatura - B5; Serviço Social - B5; Enfermagem – B5; Educação – B5; Biotecnologia – C; e Química - C. O número 03 de 2017 (Volume 7, Número 03) da Revista Eletrônica DECT reúne estudos da área da Educação, a saber: (a) Ensino de Ciências e Matemática; (b) Ensino de Humanidades; (c) Formação Inicial e Continuada de Professores da Educação Básica; (d) Tecnologias Educacionais e Recursos Didáticos; (e) Educação Profissional e Tecnológica; e (f) Diversidades e Inclusão Social. O periódico compreende estudos sobre metodologias educacionais, teorias de aprendizagem, formação de professores, uso de espaços de educação não formal, práticas para a sustentabilidade, diversidades e inclusão social no campo da educação científica e do ensino de humanidades. A presença de investigadores das áreas de Ensino e da Educação, e de outras áreas de conhecimento como Engenharia, Ciências Ambientais, Biotecnologia, Linguística e Literatura, Enfermagem, Saúde Coletiva, entre outras, confere ao periódico uma situação peculiar de escoamento do conhecimento científico no âmbito do Ifes, no âmbito do Estado do Espírito Santo, no Brasil, e, sobretudo, nos países ibero-americanos. Agradecemos a colaboração do Comitê Científico e dos Consultores ad hoc que dedicaram um pouco de seu tempo na avaliação dos artigos. Esperamos que os leitores aproveitem o número 03 da Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica de 2017.

Publicado
2019-10-11
Seção
Editorial